ORAÇÃO A SANTA LUZIA

É com alegria que o bairro Meireles comemora 78 anos da Paróquia de Santa Luzia. Devido o acontecimento por volta do ano de 1935 uma criança conhecida por Pedro Paulo Montenegro (hoje com quase 100 anos de vida). Sofreu uma hemorragia nos olhos, perdendo a visão. Sr. Francisco Ribeiro (pai) levou ao médico, lá fez exames e o médico disse que tinha que amputar os olhos, Dona sinhá Montenegro (mãe). Fez uma promessa a santa Luzia, padroeira da visão, que se o filho(Pedro) ficasse curado, doava um terreno para fazer a capela de Santa Luzia. Um belo dia Pedro disse a mãe que estava vendo um objeto na estante da sala. Dona sinhá (mãe) fez novenas em agradecimento a Santa Luzia em sua residência. E doou o terreno para fazer a capela de Santa Luzia, com leilões, doações, bingos, quermesse, construiu a capelinha, inaugurando no dia 25 janeiro de 1942, padre Francisco de Assis Pita (1° pároco) ainda não autorizado pela arquidiocese de Fortaleza rezou a 1° missa. Alguns dias depois, o Arcebispo de Fortaleza, + Dom Antônio de Almeida Lustosa, pediu ao padre que se apresentasse a cúria, decretando a elevação da capela de Santa Luzia, a categoria de paróquia no dia 13 de março de 1942. Dando autoridade para exercer os sacramentos e administração, pedindo também que iniciasse a construção de um novo tempo, hoje a atual igreja de Santa Luzia. Viva a igreja de Cristo, viva a Paróquia de Santa Luzia.
Texto: @ricardo.henrique.santos

OREMOS:

Ó, Santa Luzia, conservai a luz dos meus olhos para que eu possa ver as belezas da criação. Conservai também os olhos de minha alma, a fé, pela qual posso conhecer o meu Deus, compreender os seus ensinamentos, reconhecer o seu amor para comigo e nunca errar o caminho que me conduzirá onde vós, Santa Luzia, vos encontrais, em companhia dos anjos e santuário. Santa Luzia, protegei meus olhos e conservai minha fé. Amém. Santa Luzia rogai por nós!
WhatsApp chat